Notícias (1573)

Depois de meses de intensa mobilização social em torno da Campanha Natal Permanente da LBV — Jesus, o Pão Nosso de cada dia!, o Centro Comunitário de Assistência Social da Legião da Boa Vontade, nesta quarta-feira, 12 de dezembro, às 9h, faz a entrega de 620 cestas de alimentos a centenas de famílias oriundas das comunidades dos Coelhos, Coque, São José, Joana Bezerra, Cabanga e Santo Amaro. 

Em Pernambuco, a Instituição beneficia com a mobilização solidária natalina 1.020 famílias das cidades do Recife, Paulista e Caruaru, serão mais de 20 toneladas de alimentos a serem distribuídos. 

Com o objetivo de proporcionar um Natal sem fome, mais digno e feliz, renovando assim as esperanças para o novo ano, a campanha distribuirá mais de 900 mil quilos de alimentos não perecíveis em todo o Brasil, arrecadados mediante doações, a 50 mil famílias em situação de vulnerabilidade social — atendidas ao longo do ano pelos programas socioeducacionais da LBV e as amparadas por organizações parceiras da Instituição. Cada cesta contém arroz, feijão, óleo, sal, açúcar, leite em pó, macarrão, farinha de mandioca e de trigo, fubá, goiabada e gelatina. 

Em Recife/PE a entrega dos alimentos, angariados graças à mobilização da sociedade e ao apoio de colaboradores, empresários, voluntários, artistas, esportistas e muitas outras personalidades, na Sede da Instituição localizada na Rua dos Coelhos, 219 – próximo ao Cais José Mariano. Mais informações sobre a Campanha Natal Permanente da LBV — Jesus, o Pão Nosso de cada dia! podem ser obtidas pelo tel. (81) 3413-8600 ou no site www.lbv.org/natal. 

Vânia Besse

Assessoria de Comunicação LBV

Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Contato: (81) 3413.8600/8607 – 92327081 - 87027982

Depois de se reunirem meses atrás, os vereadores da Frente Popular, podem tomar outra decisão com relação à presidência da Casa Legislativa de Sertânia. Segundo informações o vereador Damião (único a votar contra a indicação de José Ivan para presidente da Câmara de vereadores em uma reunião meses atrás), está pleiteando a vaga e pelo que parece não abre mão disso.

O vereador Damião está se reunindo com os demais vereadores e pelas contas que tem se elegerá facilmente, contando inclusive, com o apoio dos vereadores do grupo do prefeito eleito Guga Lins.

A negociação está aberta, as conversas estão acontecendo, resta somente esperar o que acontecerá até o dia 1 de janeiro.

A verdade é que ninguém confirma e nem nega o fato. Acredita-se que tudo está sendo feito sigilosamente nos bastidores e de formas muito discreta.

Sabe-se que a frente popular conta com 8 vereadores e a frente Sertânia para todos conta com 5.

O vereador Ivan continuará no páreo ou sairá em nome da união do grupo? Damião, continuará pleiteando a presidência da câmara ou entenderá e acatará a decisão do grupo meses atrás? São perguntas que serão respondidas nos próximos dias. 

Alguém já disse que política também é a arte de engolir sapos e de também saber fazer concessões. Aguardemos, pois!  

E por falar em técnico e equipe destaque, o atleta da Escola de Referência em Ensino Médio Olavo Bilac., Alisson, que foi destaque no cenário nacional defendendo Pernambuco pelo futsal daquela escola, recebeu o convite da famosa equipe do Minas Tênis.

Alisson é toda equipe desempenharam um ótimo papel defendendo o futsal de Pernambuco no certame em Cuiabá, tanto que foi destaque no Jornal do Commércio do dia 12 de dezembro na página de esportes(ver quadro aabaixo).

O Atleta é aluno do 1º ano e disse que está muito satisfeito com o convite e que vai pensar.

De parabéns Alisson, de parabéns toda equipe do Futsal da Eremob, de parabéns sua gestora Rute Pontes e todos que contribuíram para que este sonho realizasse.  
 

O Time da escola de Referência em Ensino Médio Olavo Bilac - EREMOB., foi destaque nos jogos escolares do Estado de Pernambuco e foi disputar em Cuiabá-MT., o título nacional, sob a batuta do seu técnico Erisnaldo Dantas, e por sua obstinação foi destaque naquele estado, sendo motivo de matéria denominada "Técnicos Abnegados"

O Futsal da Escola de referência em Ensino Médio Olavo Bilac, que teve como técnico o "abnegado" Erisnaldo, foi campeão nos jogos escolares entre as escolas do nosso município, depois foi para Arcoverde e ali consagrou-se campeão entre as equipes de várias escolas de diversas cidades, depois foi para a disputa no Estado, disputando com escolas particulares e também da rede estadual e também foi o grande campeão, indo disputar no estado de Mato Grosso, representando o estado de Pernambuco.    

Veja a matéria publicada na imprensa do Estado de Mato Grosso:

"TÉCNICOS ABNEGADOS SEGUEM ATLETAS COM SEUS PRÓPRIOS RECURSOS"

Em competições nacionais organizadas pelo Comitê Olímpico Brasileiro apenas treinadores credenciados com diploma de Educação Física podem dirigir equipes. A medida impede que alguns abnegados que formam times e atletas campeões tenham direito a passagem e hospedagem para participar das disputas, orientando os jovens em modalidades individuais ou coletivas.  É o caso do treinador Erisnaldo Dantas, da Escola Olavo Bilac, de Sertânia, a primeira do setor público a representar Pernambuco nacionalmente no futsal. Nas edições anteriores das Olimpíadas Escolares apenas centros educacionais particulares classificaram  representantes na categoria de 15 a 17 anos.

Erisnaldo é daqueles abnegados do amadorismo. Aos 24 anos, estuda Educação Física, e veio com recursos próprios para Cuiabá só para ficar perto da equipe que formou há cerca de dois anos. Eles sentem minha falta, por isso fico gritando o tempo todo das arquibancadas para orientá-los, explica. Funcionário de uma loja de estivas em Sertânia, Erisnaldo nada recebe para treinar a equipe. Bem no espírito amador, é ele que vai atrás de apoio para manter o time em ordem. Para vir a capital mato-grossense, pediu apoio ao deputado Ângelo Ferreira, que lhe forneceu as passagens de ida e volta. O dinheiro para hospedagem veio das suas próprias economias e de comerciantes da cidade, pois o sucesso do time trouxe muito orgulho à população local. Também comprou bolas para treinamentos, acrescenta.

Para garantir uma vaga na olimpíada nacional, os meninos de Sertânia passaram por um funil. Primeiro tiveram que vencer os jogos escolares da cidade, depois os jogos da região e posteriormente os jogos do Estado. Nossa equipe é formada por jogadores muito talentosos, esse é um dos nossos diferenciais. O outro é a união. Eles são muito unidos e isso contribui bastante para que tenhamos êxito. Viemos aqui brigar por medalha, avisa.

Outro abnegado do esporte que veio do interior pernambucano por conta própria para estimular seus atletas é Washington Rocha, de Ouricuri,  a mais 600 km do Recife, treinador de Lúcia Araújo, que ficou em 9º lugar nos 3 mil metros. Assim como Erisnaldo, ele investe recursos próprios nos atletas. Tenho dois empregos e uso um dos salários para ajudar os atletas que estão precisando, confessa. Ele, no entanto, já é formado em Educação Física, embora não faça parte da equipe de treinadores de atletismo inscritos pela delegação pernambucana para atuar nas Olimpíadas.

Para ele,  a equipe pernambucana,  teve na longa viagem a Cuiabá e no clima quente e úmido grandes obstáculos para atingir um desempenho melhor. O atletismo pernambucano, que sempre teve tradição em competições nacionais, voltou para casa apenas com uma medalha de bronze, conquistada nos 110 metros com barreiras, por Francinildo Soares.

O resultado não desanima Washington, que dirige mais de 60 atletas em Ouricuri. Não se forma um atleta rapidamente, é preciso tempo e nós vamos continuar trabalhando, diz, confiante.

Em seu discurso na tribuna do Senado, o peemedebista Jarbas Vasconcelos criticou a política empreendida pelo Governo Federal no combate à seca na região do Semiárido do Nordeste. O senador insinuou que, no período em que os petistas estão no poder - há quase uma década - pouca ação eficaz foi realizada para contornar a situação que, em alguns municípios, chega ao colapso. Em Pernambuco, por exemplo, seis cidades - Jupi, Calçado, Alagoinha, São José do Egito, Betânia e Triunfo - decretaram falência no abastecimento de água.

“Enganou-se quem imaginava que essa questão tinha ficado no passado, pois o Governo, no seu marketing oficial, vende um Brasil de ficção, quase perfeito e sem problemas. Mas o país real é diferente do que a gente vê na propaganda da TV”, disparou Jarbas Vasconcelos.

O senador do PMDB salientou que 20 dos 69 reservatórios de água nos seis municípios citados acima estão praticamente secos. Jarbas ressaltou que a iniciativa do ex-deputado Osvaldo Coelho (PSDB), que, nos últimos dias, enviou uma carta ao ministro da Fazenda, Guido Mantega, criticando a inoperância do Governo Federal em resolver de uma vez a questão da convivência com a Seca no Nordeste.

Jarbas Vasconcelos também reclamou do atraso da obra de Transposição do Rio São Francisco - iniciada ainda na primeira gestão do ex-presidente Lula - e prometida a conclusão neste ano. O senador peemedebista cravou que a benfeitoria está parada e “é dinheiro jogado no lixo”. “A Transposição, que foi prometida para estar pronta este ano, enfrenta problemas recorrentes na execução de suas obras. E todos sabem que obra parada é dinheiro jogado no lixo. Mais uma promessa não cumprida da campanha de 2010. É necessário vontade política para mudar a realidade do Nordeste, além do mero assistencialismo e da intervenção emergencial em tempos de seca”, sublinhou.

A partir desta terça-feira (11) os servidores públicos que trabalham no Governo do Estado começa a receber o 13° salário em uma única parcela.

De acordo com calendário da Secretaria de Administração (SAD), neste primeiro dia aposentados e pensionistas serão beneficiados com o pagamento. Na quarta-feira (12) será a vez dos servidores ativos da Secretaria de Educação.

Na quinta-feira (13) estará liberado o abono natalino dos demais servidores ativos da Administração Direta e Indireta do Governo do Estado.

O pagamento do 13° salário representa um impacto na folha do Estado na ordem de R$ 600 milhões e engloba cerca de 220 mil contracheques.

Visando disciplinar as ações destinadas a garantir a proteção dos defensores de direitos humanos, a Comissão de Administração Pública aprovou, ontem, o Projeto de Lei no 1.215/2012, instituindo o Programa Estadual de Proteção aos Defensores dos Direitos Humanos (PEPDDH/PE). A proposta é de autoria do Poder Executivo e a relatoria ficou com o deputado Ângelo Ferreira (PSB).

A ideia é impedir qualquer conduta atentatória à atividade pessoal ou institucional do defensor dos direitos humanos ou contra familiares ou pessoas de sua convivência. Também será criado um Conselho Deliberativo Estadual do PEPDDH/PE para tratar da implantação da Política Estadual de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos. O grupo de trabalho será composto por 13 membros de diversos órgãos.

Para o presidente da Comissão, deputado Aluísio Lessa (PSB), “é um projeto que complementa o sistema de proteção aos direitos humanos em Pernambuco”. Durante a reunião do colegiado, 20 matérias ainda foram aprovadas. Os deputados Pedro Serafim Neto (PDT) e Zé Maurício (PP) também participaram do encontro.

O Sistema de Assistência à Saúde do Servidor (Sassepe) anunciou nesta segunda-feira (10) que irá reconhecer a inscrição de dependentes na qualidade de companheiro ou companheira em relação estável homoafetiva de beneficiários titulares. A instrução normativa já está em vigor através de publicação no Diário Oficial e também pode ser acessada no site do IRH. (www.irh.pe.gov.br)

Segundo o presidente do Instituto de Recursos Humanos, Manoel Carneiro, a nova regulamentação só vem ratificar e se adequar ao que rege a Constituição, que define como um dos objetivos fundamentais da República a promoção do bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação. “Os direitos são imediatos e precisam ser cumpridos. A família deve ser considerada na sua amplitude. O respeito à diferença e a inclusão do outro são fundamentais para que a igualdade se consolide”, explicou.

Os critérios de comprovação da união homoafetiva observam os mesmos requisitos dos usados com companheiros heterossexuais. “Nada mais justo que os usuários titulares possam incluir como dependentes seus companheiros e companheiras”, relatou a diretora do Sassepe, Patrícia Pastick. É preciso registrar-se no Cadastro do Sassepe, que funciona de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 16h, na Rua Henrique Dias, bairro do Derby (térreo do edifício sede do IRH). “Uma vez deferido o pedido, o usuário dependente terá acesso a todos os benefícios do Sassepe”, completou Carneiro.

Da redação do Diario de Pernambuco

Neste dia consagrado a padroeira de Sertânia, Nossa Senhora da Conceição, dia 8 de dezembro, choveu forte por mais de duas horas. A chuva pegou todos de surpresa, começou por volta das 17:30 e diminuindo em sua intensidade por volta das 19:30.

A chuva deixou animou os agricultores, sobretudo aqueles que em sua propriedade tem as cisternas.

Espera-se que haja nos próximos dias mais chuva para que possa minimizar a grave seca que passa a nossa região.

Foi encontrada por volta das 17 horas em sua residência, na vida da Cohab, bem em frente a Acadamia das Cidades, o corpo de Alodhia Itara Dantas, de 27 anos de idade. Segundo informações Alhodia estava desaparecida desde o inicio da semana.

Policiais militares e civis foram até a sua residência e deparam-se com o corpo já em adiantado estado de decomposição. O motivo da morte ainda é desconhecido.

Informações dão conta de que no interior da casa não havia nenhum indicio de luta corporal. Nas proximidades do corpo se encontrava copo quebrado, desconfia-se que ela estava usando o mesmo no momento em que caiu.

Há informações também, não oficiais que ela estava com problemas de saúde, tendo, inclusive, alucinações.

O corpo deverá ser removido para a cidade de Caruaru onde será feito o exame cadavérico para se conhecer o motivo de sua morte.

Alhodia Dantas trabalhava em eventos como segurança e era sobrinha da professora Graça Dantas esposa de paulo da SUCAM.

Ao lado a foto, do Tribuna do Moxotó, é da casa de Alhodia no momento em que várias pessoas esperavam a retirada do corpo.

 

Durante passagem do governador Eduardo Campos, rodovia é palco de protesto de agricultores sertanejos

OURICURI - Trabalhadores rurais ligados à Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Pernambuco (Fetape) e à Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) aproveitaram a passagem de dois dias do governador Eduardo Campos (PSB) pelo Sertão e organizaram, nesta quinta-feira (6), um protesto na BR-316, em Ouricuri.

Sob o sol quente, os manifestantes pararam o trânsito na rodovia, na qual expuseram a grave situação da seca que atinge o semiárido. Algumas cabeças de gado, bem magras, foram colocadas e queimadas em plena estrada. As imagens chocantes sensibilizaram alguns motoristas e caminhoneiros, que desceram dos respectivos veículos para se juntar à aglomeração.

Com um carro de som, lideranças criticaram a “burocracia” dos governos federal e estadual para a chegada de recursos e de outras formas de ajuda para os trabalhadores. Outros grupos seguravam faixas reivindicando, entre outros pontos, ração para os animais, sementes, ampliação do programa estadual Chapéu de Palha e perdão de dívidas.

Em Araripina, onde inaugurou mais um armazém de entrega do milho Venda Balcão, da Conab, o governador disse compreender as reivindicações do grupo, as quais já tinha conhecimento. Na quarta-feira (5), em Salgueiro, Eduardo comandou uma reunião do Comitê Integrado de Convivência com o Semiárido, e ouviu de agricultores pedidos pela a desburocratização dos serviços.

“Montamos o comitê junto ao governo Federal exatamente para isso. Estamos vivendo uma seca muito dura e precisamos entender que o enfrentamento não pode ser só no período da estiagem, mas durante o ano todo. Da nossa parte, estamos pagando a segunda rodada do Chapéu de Palha Estiagem e tentando ajudar o governo Federal a chegar. Claro que o governo Federal é longe, mas uma atitude que resolve é sair do gabinete com a equipe”, destacou Eduardo.

 

Em comemoração ao Dia Internacional dos Direitos Humanos, que é no dia 10 de dezembro, um palco montado na Praça do Arsenal, no próximo domingo (9), receberá show de Cristina Amaral com participação de Cezzinha, SaGrama e Orquestra de Câmara de Pernambuco, sob regência do maestro José Renato Accioly.

Com o título “Cordas, Gonzaga e afins”, um total de 23 artistas homenagearão o centenário de Luiz Gonzaga por meio de músicas que reverenciem o Rei do Baião. No repertório, estarão composições de Chico Buarque, Sivuca, Petrúcio Amorim, Nando Cordel e Caetano Veloso. A cantora Edilza Soares é quem vai encerrar a noite de apresentações.

Em comemoração ao Dia Internacional dos Direitos Humanos, que é no dia 10 de dezembro, um palco montado na Praça do Arsenal, no próximo domingo (9), receberá show de Cristina Amaral com participação de Cezzinha, SaGrama e Orquestra de Câmara de Pernambuco, sob regência do maestro José Renato Accioly.

Com o título “Cordas, Gonzaga e afins”, um total de 23 artistas homenagearão o centenário de Luiz Gonzaga por meio de músicas que reverenciem o Rei do Baião. No repertório, estarão composições de Chico Buarque, Sivuca, Petrúcio Amorim, Nando Cordel e Caetano Veloso. A cantora Edilza Soares é quem vai encerrar a noite de apresentações.

Cristina Amaral e Edilza Soares subirão ao palco da Praça do Arsenal (Fotos: Divulgação)

Pecuaristas de Pernambuco que vêm sofrendo com os efeitos da seca na produção leiteira receberão ajuda do Governo do Estado. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (5) pelo governador Eduardo Campos e o secretário de Agricultura, Ranilson Ramos, em São Bento do Una, no Agreste, durante encontro com os produtores de leite. Na ocasião, eles divulgaram as ações de assistência ao rebanho da bacia leiteira, entre elas a aquisição de 120 mil toneladas de cana-de-açúcar, que serão distribuídas para os pecuaristas.

De acordo com o governo, cerca de R$ 15 milhões serão destinados para esta medida. Ao todo, as ações realizadas pelo Executivo estadual para socorrer os pecuaristas somam um investimento de R$ 33 milhões e garantem, principalmente, o alimento dos rebanhos.

A cana-de-açúcar será comprada por produtores pernambucanos e repassada para criadores da bacia leiteira, que não precisarão fazer nenhum cadastro. Além disso, o Governo do Estado vai ampliar a entrega de milho, fornecido através do Programa Venda Balcão da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e vendido por R$ 18,12 a saca. Isso será possível porque dos 11 novos armazéns de entrega do produto, nove já estão em operação. Os outros dois, em Petrolândia e Bodocó, ambos no Sertão, estão aguardando a autorização do Ministério da Agricultura para entrar em funcionamento.

Pecuaristas do Estado já amargam queda de 60% em sua produção, o que obriga fazendeiros a deixarem suas terras em busca de outras formas de sustento. Os alimentos deverão dar força ao rebanho de 2,5 milhões de bovinos e 3,5 milhões de caprinos e ovinos. Segundo a Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária, a recuperação da agropecuária é uma prioridade, pois o setor é estratégico para o Produto Interno Bruto (PIB) de Pernambuco.

A queda nos números assusta: dos 2,3 milhões de litros de leite que eram produzidos diariamente em Pernambuco, atualmente são produzidos apenas 900 mil. Com a estiagem, produtores precisam buscar alimento para os animais em Alagoas.

Enquanto isso, o bagaço da cana e a palma do cacto se tornam produtos cada vez mais raros. A tonelada de bagaço, por exemplo, chega a custar R$ 120, enquanto a palma – praticamente dizimada em Pernambuco, graças a uma praga conhecida como Cochonila do Carmim – varia entre R$ 150 e R$ 800.

Além dessas medidas, o governo anunciou a prorrogação do aumento no valor da compra do litro de leite ao pequeno pecuarista, que será vendido a R$ 1 até maio de 2013. O governador anunciou ainda a implantação de 126 hectares - de um total de mil - de sementes de palma-forrageira, bem como a cessão de um trator para o preparo do solo no plantio de mudas de palmas.

Uma professora da Escola Estadual Emilio de Menezes, em Curitiba, entregou a um dos alunos uma prova impressa no verso de um exame de urina. A prova de português foi aplicada ao aluno da sétima série do ensino fundamental, em outubro.

A mãe do garoto, que preferiu não se identificar, diz que ficou revoltada quando viu a folha de papel utilizada para a impressão da prova. “Todo começo de ano, pedem 200 folhas de papel para ficar na escola e outras 50 para andar com ele. Até ele ficou indignado quando viu”, conta. Conforme a mulher, esta foi a primeira vez que algo assim aconteceu e que, pelos relatos do filho, não é uma prática de outras professoras.

O garoto de 13 anos foi matriculado nessa escola em 2011. A mãe diz que decidiu matricular o filho por indicação do colégio anterior onde ele estudava. “Eu nem conhecia a escola, eles indicaram porque ficava mais perto de casa e me disseram que era um bom colégio”, lembra.

O G1 tentou entrar em contato com a professora que aplicou a prova, mas ela não respondeu às ligações. Uma funcionária do colégio, que também não quis se identificar, informou que ela tem o hábito de utilizar folhas de rascunho da secretaria para imprimir atividades para os alunos.

A Secretaria de Estado da Educação também foi procurada. Em nota, a SEED lamentou o fato e disse que não há qualquer orientação para que as escolas adotem esse tipo de prática. Quanto à compra material escolar, a secretaria informou que os pais não podem ser obrigados a contribuir. Qualquer contribuição deve ser feita apenas de forma voluntária.

Leia abaixo a íntegra da nota da Secretaria de Educação do Paraná:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Secretaria de Estado da Educação lamenta o fato de um aluno ter recebido uma avaliação impressa no verso de um exame laboratorial de saúde. Nunca houve qualquer orientação para que as escolas adotem esse tipo de procedimento, apesar da reciclagem ser uma prática louvável.

Quanto à lista de material que as escolas costumam solicitar aos pais dos alunos no início do ano letivo, a Secretaria lembra a comunidade de que nenhuma família pode ser obrigada a cooperar com a compra materiais de uso comum. Qualquer contribuição apenas pode ser feita de forma voluntária.

Apenas em 2012, as escolas paranaenses receberam R$ 80 milhões do Governo do Estado, via Fundo Rotativo, para a compra de material de expediente.

Quarta, 05 Dezembro 2012 10:06

PREFEITOS ELEITOS PRIORIZAM MUNICÍPIOS

A Lei Orçamentária Anual (LOA), para o exercício de 2013, foi aprovada, ontem, no plenário da Assembleia Legislativa. O texto estima o total de receitas e despesas que o Poder Executivo terá no próximo ano, previsto em R$ 33,4 bilhões. As áreas de educação, desenvolvimento e saúde receberão os principais investimentos. A matéria passou com facilidade e teve a aprovação de todos os deputados presentes na sessão. O projeto não teve primeira e segunda discussões, já que todo o trâmite foi feito na Comissão de Finanças, Orçamento e Tributação. Foi lá que as emendas apresentadas pelos parlamentares foram selecionadas. Do total de 7.460 proposições, apenas 368 foram aprovadas. Todas são referentes à reserva parlamentar, que é de R$ 1,1 milhão por deputado.

Como de costume, os deputados destinaram suas emendas aos municípios onde têm base eleitoral. O valor da cota é sempre motivo de reclamação, já que o montante se torna pequeno quando os parlamentares dividem a quantia para as cidades onde receberam apoio. Este ano, aqueles que foram eleitos no pleito de outubro tiveram um olhar especial para os locais que governarão a partir de janeiro.

O deputado Car­­los Santana (PSDB), que assumirá a Prefeitura de Ipojuca, destinou R$ 1 milhão para o município. O valor será investido na construção, reforma e aquisição de equipamentos de saúde.

Quem também foi generoso com a cidade que administrará foi o prefeito eleito de Garanhuns, Izaías Régis (PTB). O deputado destinou R$ 900 mil para a execução de obras de infraestrutura do distrito de Cohab II. Segundo ele, o montante será utilizado na pavimentação de algumas ruas. O petebista admitiu que o fato de ter sido eleito prefeito contribuiu para a destinação do dinheiro. “Há necessidade de grandes investimentos na cidade”, argumentou. Régis ainda revelou que houve articulação com a bancada federal para garantir mais investimentos para Garanhuns, no Orçamento da União.

Edson Vieira (PSDB), eleito prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, também admitiu que o fato de ter sido escolhido para administrar a cidade contribuiu na hora de destinar as emendas. Além de instituições, o Polo de Confecções também será beneficiado com uma emenda de R$ 500 mil para o fortalecimento turístico no município.

Eleito vice-prefeito do Recife, o deputado Luciano Siqueira (PCdoB) dividiu suas emendas para a Capital pernambucana e Olinda. Além de instituições e hospitais, a verba reservada pelo comunista servirá para a execução do projeto paisagístico do Parque Científico e Cultural do Jiquiá. A reportagem não conseguiu contato com Carlos Santana e Siqueira.

Quarta, 05 Dezembro 2012 10:01

PREÇO DA CONTA DE LUZ CAIRÁ 16,7%

BRASÍLIA (Folhapress) - O Governo Dilma conseguiu garantir ontem uma redução média de apenas 16,7% nas contas de energia elétrica em 2013, abaixo dos 20,2% prometidos pela presidente em setembro, e pode desistir de cobrir a diferença da conta com recursos do Tesouro. A estratégia do Palácio do Planalto, por enquanto, é culpar os governos tucanos de São Paulo, Minas e Paraná pelo fracasso no cumprimento da meta, atribuindo a eles a responsabilidade pela redução menor da tarifa. Isso porque veio das companhias geradoras Cesp (SP), Cemig (MG) e Copel (PR) - todas controladas por seus respectivos estados - a maior parte dos contratos não renovados ontem. Segundo o Governo, na conta dos consumidores residenciais, a redução da tarifa deve ficar na casa dos 14,5%, contra os 16,2% inicialmente prometidos. 

Segundo um assessor presidencial, os governos tucanos desses três estados vão ter de “assumir o preço político” por terem inviabilizado o corte total prometido. Ele disse que ainda não há uma decisão final sobre o tema, mas que parte do Governo defende deixar o corte em 16,7% para não jogar o custo extra sobre o Tesouro - que já vai bancar uma conta anual de pelo menos R$ 3,3 bilhões em renúncia fiscal. 

Do lado tucano, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) voltou a criticar o que classifica de “profunda intervenção do Governo Dilma no setor elétrico” e disse que a responsabilidade dos governadores de seu partido é manter suas empresas vivas. O senador, que ontem foi lançado pela cúpula do seu partido à sucessão de Dilma, defendeu em discurso que “outros caminhos” sejam adotados para alcançar a redução prometida, como o fim da cobrança de PIS/Cofins na conta de luz. 

A recusa das três empresas de São Paulo, Minas e Paraná em aceitar a renovação das concessões de suas usinas fez com que, do lado das geradoras, o Governo cumprisse apenas 60% da sua meta. Já do lado das transmissoras, o Governo conseguiu a adesão de todas as nove companhias que possuíam contratos com vencimento entre 2015 e 2017. “Elas estão causando diretamente o impacto de não se atingir os 20,2%. Não se entende a lógica que levou essas empresas a não renovarem”, afirmou o secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmermann. As concessões renovadas hoje valerão por mais 30 anos.

"Educar é crescer. E crescer é viver. Educação é, assim, vida no sentido mais autêntico da palavra". Começo esta notícia citando Anísio Teixeira, esse idealizador das grandes mudanças que marcaram a educação brasileira no século 20, para levar aos nossos leitores mais uma grande vitória da educação sertaniense, mas uma grande vitória dos nossos educadores, em particular da  Coordenadora Aiana Cláudia e  das supervisoras do Projeto “Se Iiga”,  Geovana Torres e Ana Karolina, sem esquecer da professora Danielle Pereira da Silva e da gestora da Escola Etelvino Lins Eliene Cristina Dantas Feitosa. Equipe responsável por levar o nome da educação sertaniense no cenário nacional e levar ao pé da letra o que disse acima o nosso grande Anísio Teixeira.

Como? Vamos contar agora.

O Projeto Se Liga tem como objetivo alfabetizar crianças com distorção idade-série. Atende a 09 escolas perfazendo um total de 140 alunos em nosso município e vem desde 2006 ajudando a erradicar a distorção idade-série.

Conversamos com a Coordenadora Aiana Cláudia, e esta passou para o Tribuna do Moxotó as seguintes informações:  “Escrevemos nossas escolas no concurso cultural promovido pelo Instituto Ayrton Senna. O Concurso Cultural Construindo um Novo Planeta é uma iniciativa do Instituto Ayrton Senna para disseminar a educação ambiental nas escolas públicas Brasil. Neste ano, o tema foi “A escola sustentável que queremos”. A ideia é promover nas salas de aula discussões sobre a importância do meio ambiente e de condutas sustentáveis no mundo em que vivemos”, disse a pedagoga Aiana, que informou ainda que  “O Projeto se Liga concorreu na categoria desenho, onde inicialmente o trabalho foi selecionado para representar a GRE – Arcoverde, em seguida foi escolhido para representar o estado de Pernambuco na seletiva nacional. E dentre os trabalhos apresentados pelos 20 estados que trabalham com o Projeto Se Liga, o nosso foi escolhido. Tendo o trabalho da aluna Aline Bezerra dos Santos da Escola Etelvino Lins, escolhido como o grande vencedor da seletiva nacional do Concurso Cultural Construindo um Novo Planeta, ficando entre os três primeiros no Âmbito nacional”, disse Aiana sem esconder a felicidade de ver o trabalho da referida aluna escolhido a nível nacional.

VIAGEM A SÃO PAULO

Ainda segundo Aiana Cláudia,  a aluna Aline Bezerra, juntamente com seus pais, a professora Danielle Pereira e também a gestora da escola Eliene Cristina, viajarão para o São Paulo para o  Instituto Ayrton Senna ainda este mês de dezembro (data ainda a ser informada pelo Instituto) para participar da solenidade de premiação, ali a aluna, professora e escola (representada pela gestora) receberão os prêmios especialmente e diretamente das mãos de Viviane Senna, irmão de Ailton Sena.

A coordenadora fez questão de frisar que a secretária de Educação do município de Sertânia Shirlene Ferreira e a prefeita Cleide deram total apoio.

É mais uma vitória da educação sertaniense, mais uma vitória da equipe de professores e gestora da Escola Etelvino Lins, que souberam tão bem preparar a referida aluna, dando-lhe embasamento para que esta realizasse um ótimo desenho sobre o tema abordado.

Parabéns a toda equipe, parabéns a aluna Aline Bezerra. O Tribuna do Moxotó vai acompanhar de perto e vai divulgar fotos desse momento impar da educação sertaniense.

Para toda equipe a frase célebre de Jean Piaget, que retrata tão bém esta conquista: "A principal meta da educação é criar homens que sejam capazes de fazer coisas novas, não simplesmente repetir o que outras gerações já fizeram. Homens que sejam criadores, inventores, descobridores. A segunda meta da educação é formar mentes que estejam em condições de criticar, verificar e não aceitar tudo que a elas se propõe." 

A Mesa Diretora que vai dirigir os trabalhos da Assembleia Legislativa de Pernambuco no biênio 2013-2014 foi eleita nesta segunda(três de dezembro). São sete cargos. Os atuais presidente, deputado Guilherme Uchoa, do PDT, e primeiro-secretário João Fernando Coutinho, do PSB, foram reconduzidos às funções pela quarta vez consecutiva.

Uchoa destacou os projetos para a nova gestão e ressaltou a responsabilidade do exercício do novo mandato. Já João Fernando Coutinho assinalou a expectativa de trabalho na Primeira-Secretaria. 

Para a Primeira Vice-Presidência, o eleito foi Marcantônio Dourado, do PTB, derrotando o também petebista Júlio Cavalcanti.  Já André Campos, do PT, foi o escolhido para ocupar a Segunda Vice-Presidência. Claudiano Martins Filho, do PSDB, ganhou como segundo-secretário e Sebastião Oliveira, do PR, terceiro-secretário. Já a Quarta-Secretaria vai ser ocupada por Eriberto Medeiros, do PTC.

Na maioria dos cargos houve candidatura única, com exceção da Primeira Vice-Presidência e da Quarta-Secretaria, que também recebeu a inscrição de Júlio Cavalcanti, do PTB, e Mary Gouveia, do PSD, respectivamente.

A chapa que disputou a eleição seguiu o critério da proporcionalidade partidária. A nova Mesa Diretora toma posse em primeiro de fevereiro de 2013.

Segunda, 03 Dezembro 2012 09:33

ESTADO TERÁ R$ 11,8 MI PARA COMBATER A SECA

Recursos vão ser utilizados para instalação de 750 poços

As pessoas afetadas pela seca em Pernambuco poderão contar com mais uma ação do Governo Federal. Ainda esta semana o Ministério da Integração deverá liberar a quantia de R$ 11,8 milhões para a instalação de 750 poços nos municípios do Sertão e Agreste do Estado. O secretário da Casa Militar, coronel Mário Cavalcanti, esteve em Brasília, na última sexta-feira, em audiência com o ministro da Integração Fernando Bezerra Coelho. 

Segundo o coronel Mário Cavalcanti, a ação é integrada entre as secretarias estaduais da Agricultura (Sara) e da Casa Militar (Camil). “O plano de trabalho é de responsabilidade técnica da Agricultura e a execução financeira é de responsabilidade da Casa Militar, uma vez que os recursos serão repassados pela Secretaria Nacional de Defesa Civil, por meio do cartão de pagamento da Defesa Civil”, explicou. 

O valor exato do empenho é de R$ 11.842.104, mas 25% do montante (R$ 2.960.526) já haviam sido liberados - o que permitiu os estudos técnicos. Agora, será repassado o restante para agilizar a instalação dos 750 poços. Pernambuco tem 128 municípios em situação de emergência, sendo 56 no Sertão, 63 no Agreste e nove na Zona da Mata. Destes, 117 já foram reconhecidos pela Secretaria Nacional de Defesa Civil. Segundo dados dos municípios, são 1.196.926 pessoas atingidas.

MEDIDA PROVISÓRIA

Na última semana, a Câmara dos Deputados já havia aprovado a Medida Provisória (MP) 583 que abriu crédito extraordinário de R$ 676 milhões para os municípios, principalmente do Semiárido do Nordeste, que sofrem com a seca. A MP falta ainda ser apreciada pelo Senado.

De acordo com a norma, o dinheiro será destinado ao Ministério da Integração Nacional para a adoção de medidas de defesa civil. Do total dos recursos liberados, R$ 500 milhões deverão ser reservados para aquisição de alimentos, entrega de cestas básicas e para o abastecimento de água, por meio de carros-pipa, para o consumo da população das áreas atingidas pela estiagem. O restante será usado para auxílio emergencial financeiro dos municípios.

Para investigadores, o motivo do poder da ex-secretária estava na relação íntima com o ex-presidente. Relatório da PF detalha, ano a ano, pedidos feitos e recebidos por ela

O relatório da Operação Porto Seguro, deflagrada pela Polícia Federal, traz um intricado roteiro de trocas de favores entre a ex-chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo Rosemary Nóvoa de Noronha e os chefes da quadrilha que negociava pareceres técnicos fraudulentos, Paulo e Rubens Vieira, ex-diretores da Agência Nacional de Águas (ANA) e da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), respectivamente. A polícia destrinchou, ano a ano, as vantagens concedidas e exigidas por Rosemary, mulher de 57 anos que transita no Partido dos Trabalhadores desde o início dos anos 1990, quando trabalhava como secretária do então presidente nacional do PT, José Dirceu.

Para os investigadores, Rosemary era mais importante que o cargo que ocupava. A facilidade com que se movimentava dentro da quadrilha e do governo pode ser creditada a uma relação íntima com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo o Ministério Público Federal, parceiro da PF nas investigações, Rosemary interferiu diretamente na nomeação de Paulo e Rubens Vieira para as agências de regulação. Nos e-mails interceptados pelos investigadores, a ex-chefe de gabinete da presidência se coloca como mulher de trânsito direto com Lula e José Dirceu. Em março de 2009, Rosemary escreve a Paulo e diz: “O PR (presidente) falou comigo hoje e disse que na terça-feira, quando voltar dos EUA (Estados Unidos) resolve tudo do seu caso”. Mais adiante ela pergunta: “Não vem para a festa do JD (José Dirceu)?”. Em outra conversa por e-mail, sobre o cargo na ANA, Paulo diz a Rosemary que um pedido pessoal dela a José Dirceu, “tratando a questão como de interesse pessoal” dela, “ganha muito mais força”, o que endossa que Rose não era uma simples chefe de gabinete.

Rosemary conheceu Lula em 1993. No ano seguinte, ela fez parte da equipe da segunda campanha presidencial de Lula, tornando-se logo depois secretária de José Dirceu, braço direito do ex-presidente até o estouro do caso do mensalão. Eleito em 2002, Lula levou Rose para trabalhar com ele no escritório da presidência em São Paulo, onde recebia salário de R$ 11,1 mil. Foi mantida no cargo no mandato de Dilma Rousseff a pedido do antecessor. Na gestão passada, era a única funcionária do gabinete da presidência em São Paulo a participar das comitivas oficiais nas viagens presidenciais, mas só viajava quando a então primeira-dama, Marisa Letícia, não estava presente. Policiais federais, em tom de chiste, referem-se à Operação Porto Seguro como “Operação Marisa”.

Em diversas situações, Rose chegou a ficar hospedada no mesmo hotel que Lula. Foi assim em Córdoba (Argentina), em 2006; em Lisboa, em 2007 e 2009; em Santiago, em 2007; em Madri, em 2008; e em Montevidéu, em 2008. A hospedagem de Rosemary também coincidiu com a do então presidente em 2009 em Caracas, na Cidade da Guatemala e em Havana. Em 2010, ela voltou a ficar no mesmo hotel que Lula dormiu em Paris. A PF chegou a incluir no relatório fotografia de Rosemary e Lula.

«IniciarAnt58596061626364656667PróxFim»
Pagina 63 de 79