Início >>> Educação >>> AUDIÊNCIA DISCUTE COTAS REGIONAIS PARA A UPE

AUDIÊNCIA DISCUTE COTAS REGIONAIS PARA A UPE

Nesta terça-feira (25), o deputado federal Danilo Cabral (PSB) reuniu-se com o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco, Lucas Ramos, para tratar sobre a proposta de criação de cotas regionais para ingresso nas universidades de Pernambuco. A ideia é transformar em lei as iniciativas da Universidade de Pernambuco (UPE) e Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) para assegurar a interiorização do conhecimento.

Danilo Cabral é autor do projeto de lei 4.010/2020, que estabelece um bônus de 10% no resultado obtido no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para residentes da região geográfica imediata em que será ofertado o curso de graduação. A proposta de Danilo abrange a ocupação de vagas nas universidades e nas instituições da rede federal de educação, ciência e tecnologia. A aprovação de uma lei estadual fará com que a medida seja permanente.

“Tínhamos apresentado, inicialmente, proposta reservando 30% das vagas das instituições para as cotas regionais. A partir de conversas com os reitores Pedro Falcão (UPE) e Alfredo Gomes (UFPE), modificamos nosso projeto para adequá-lo ao que já está sendo feito no estado”, afirmou Danilo Cabral.

Em julho, a UFPE anunciou o bônus de 10% na nota do Enem para candidatos interessados em ingressar no curso de medicina do campus Recife se tiverem cursado todo o ensino médio em Pernambuco e morarem no estado. Em seguida, a UPE revelou que também estuda oferecer bonificação semelhante e o assunto está em análise pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe).

“O processo de interiorização do ensino superior público visa garantir que o acesso dos jovens que moram no interior do Brasil às universidades e que esse acesso leve também ao desenvolvimento econômico e a inclusão das pessoas na região onde está instalada a universidade”, explica Danilo Cabral. Segundo o parlamentar, já foi constatado que a abertura dos cursos superiores no interior tem levado pessoas de outras localidades para ocuparem a maioria das vagas que deveriam ser destinadas à população local e, depois de cursarem, essas pessoas não estabelecem sua vida na região.

O secretário Lucas Ramos reforça o apoio no projeto de criação de cotas regionais. “Vamos trabalhar juntos para continuar buscando os avanços na área da educação para o povo pernambucano.  A proposta do deputado Danilo Cabral vem para ajudar e potencializar o desenvolvimento de cada região do nosso estado, dando ainda mais oportunidade de acesso ao ensino superior para aqueles que já vivem nas localidades”, afirmou.

Novo campus

Ainda sobre a interiorização do ensino superior, Lucas Ramos e Danilo Cabral também trataram sobre o projeto de implantação de um campus da Universidade de Pernambuco (UPE) no Agreste Setentrional. A solicitação enviada ao Governo do Estado foi feita pelo parlamentar, ainda em 2019, atendendo as demandas da população da região.

Compartilhar nas Redes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *