Início >>> Geral >>> MPPE ABRE PROCEDIMENTO PARA APURAR EVENTUAL ILEGALIDADE NA CONTRATAÇÃO DE GUARDAS MUNICIPAIS EM SERTÂNIA
MPPE COMUNICOU OFICIAL AO SITE TRIBUNA DO MOXOTÓ QUE ABRIU PROCEDIMENTO PARA APURAR EVENTUAIS ILEGALIDADES NA CONTRATAÇÃO DE GAURDAS MUNICIPAIS FEITA PELA PREFEITURA DE SERTÂNIA

MPPE ABRE PROCEDIMENTO PARA APURAR EVENTUAL ILEGALIDADE NA CONTRATAÇÃO DE GUARDAS MUNICIPAIS EM SERTÂNIA

Após denúncia do Tribuna do Moxotó em diversas matérias publicadas e de denúncia formal ao próprio representante do Ministério Público de Pernambuco, sobre o descalabro existente em Sertânia, onde temos guardas municipais para serem convocados e o prefeito de Sertânia, ao invés de convoca-los, preferiu contratar pessoas que fazem parte do seu staff, ou seja, do seu grupo político, sem critério técnico nenhum e em época eleitoral, o que é pior, pois bem sertaniense, após tudo isso, o representante do MPPE em Sertânia, encaminhou a redação do Tribuna do Moxotó um comunicado sobre estes fatos denunciados. 

SEDE DO MPPE EM SERTÂNIA

O Promotor de Justiça Dr. Tiago Gonzalez, comunicou ao Tribuna do Moxotó o seguinte: “Aos questionamentos acerca da convocação dos concursados para os cargos que hoje são ocupados por servidores, em tese, contratados, informo que foi instaurado procedimento na Promotoria de Justiça de Sertânia com o intuito de apurar eventuais ilegalidades no ato de contratação ou em razão de preterição dos candidatos aprovados em concurso público”, disse em seu comunicado aquela promotoria em seu e-mail, direcionado a nossa redação.

Agora é esperar que a justiça seja feita e que os aprovados no concurso de Sertânia, sejam convocados e que se o prefeito de Sertânia se quiser e assim preferir, coloque os seus protegidos em outros cargos e não na guarda municipal, a qual deve ser ocupada por pessoas qualificadas e treinadas e não por araques como o prefeito fez ao contratar, sem critério nenhum, colocando pessoas de sua simpatia, deixando pelos menos 4 aprovados sem seus cargos, após estes terem feito todo curso de formação e ter investido financeiramente para assumir o referido cargo. Lembrando que ainda tem 13 aprovados e que de forma ansiosa, esperam a convocação.

Veja matérias referentes a este assunto clicando aqui

Ao Dr. Tiago Gonzalez, promotor de Justiça de Sertânia, integrante do MPPE, guardião da legalidade, da Constituição e da justiça, agradecemos pela atenção, esperando que a justiça seja feita e que isso ocorra o quanto antes, já que neste caso, cabe mais do nunca a frase do grande Rui Barbosa “justiça tardia não é justiça é injustiça”.

Aguardemos pois!!!

Compartilhar nas Redes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *