Início >>> Policial >>> EM ARCOVERDE E CUSTÓDIA HOMENS SÃO PRESOS APÓS AGREDIREM SUAS COMPANHEIRAS
IMAGEM ILUSTRATIVA

EM ARCOVERDE E CUSTÓDIA HOMENS SÃO PRESOS APÓS AGREDIREM SUAS COMPANHEIRAS

Por volta das 18h30, a GT foi acionada para averiguar uma de violência doméstica. Quando o policiamento chegou ao local, na Pindoba, Custódia, a vítima, uma mulher de 45 anos de idade, apareceu na janela gritando e pedindo socorro, pois havia sido agredida pela acusado, e que o mesmo tinha fechado a porta e estava mantendo-a presa em casa.

O policiamento ordenou para que o imputado, um homem de 44 anos de idade, abrisse a porta, mas ele estava irredutível.

Naquele instante, a vítima passou mal dentro da casa e caiu no chão, ocasião em que o efetivo policial conseguiu abrir a porta para socorrê-la.

Nesse momento, o acusado empreendeu fuga pela porta do muro, e logo foi alcançado pelos policiais quando tentava pular um muro.

Durante a fuga, o imputado se lesionou numa cerca de arame farpado. Ao ser detido, tentou reagir à prisão, porém foi imobilizado pelos policiais.

A mulher disse que foi agredida nas mãos com golpes de barra de ferro e de faca peixeira, assim como o imputado ainda tentou sufocá-la apertando-lhe o pescoço com as mãos e dizendo que a odiava e que iria matá-la.

Diante dos fatos, as partes foram conduzidas a DP municipal em Arcoverde/PE, onde o agressor foi autuado em flagrante delito, e será apresentado em Audiência de Custódia.

EM ARCOVERDE HOMEM É PRESO APÓS AGREDIR E AMEAÇAR COMPANHEIRA

A GT de Operações e GT Extra PJES foram acionadas para atender uma ocorrência de violência doméstica.

Segundo a vítima, uma mulher de 33 anos de idade, declarou que o acusado, um homem de 42 anos de idade, estava com sinais de embriaguez alcoólica e a agrediu com socos e pontapés, atingindo-a nos olhos e no nariz.

Conforme a queixosa, o acusado ainda a chamou de prostitua e rapariga, como também a ameaçou de morte caso ela o abandonasse e ficasse com outro homem.

No momento das agressões, o acusado estava de posse de uma faca peixeira; porém soltou a arma no chão quando uma testemunha se aproximou dele.

A vítima disse que vem sendo ameaçada a cerca de um ano. A faca foi apreendida. De imediato, o agressor juntamente com a queixosa foram conduzidos a DP local, onde o imputado foi autuado em flagrante delito, e será apresentado em Audiência de Custódia.

Compartilhar nas Redes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *